OAL mantém e fornece a Hora Legal Portuguesa, desenvolve e apoia atividades de investigação científica em Astrofísica, de divulgação e formação, de estudo e preservação do excelente acervo patrimonial, além de manter um serviço público nas suas áreas de intervenção.

Imagem da Semana

  • A Nebulosa do Orionte

    M42_OALousal_web

    A nebulosa designada por M42 (catálogo de Messier ou NGC 1976 no New General Catalogue) é difusa e situa-se na zona da espada pendurada no cinto do guerreiro Orionte, parecendo uma estrela a olho nu. Está a 412 pc de distância e tem uma extensão de 7,4 pc (a estrela mais próxima do sol, α de Centauro está a 1,3 pc). É a região de formação estelar mais intensa próxima da Terra e um dos objectos celestes mais espectaculares de observar num céu escuro, com um pequeno telescópio.

    Também é dos objectos mais estudados pois contém estrelas jovens com sistemas planetários para além de discos protoplanetários em formação a partir da extensa nuvem molecular que ali se encontra. Observam-se anãs castanhas e a dinâmica dos movimentos turbulentos e intensos associados à fotoionização produzida pelas estrelas massivas e quentes (classe O) que ocupam todo este espaço. Entre estas e de brilho distinto na foto, é de realçar o Trapézio das 4 jovens estrelas que dominam a região central e cuja radiação cavou uma concha na nebulosa. A muita poeira aparece bem iluminada ou em contraluz, mostrando-se lindamente no casulo da estrela à esquerda em baixo.

    A forte cor vermelha é emitida pelos átomos de hidrogénio neutro com o electrão excitado ao 3º nível e a cor azulada provém da reflexão da luz das estrelas de classe O. Os laivos de coloração esverdeada provêm de uma transição proibida do oxigénio fotoionizado O++, que pode subsistir num ambiente de baixíssima densidade.

    A imagem é a composição de 12 fotos obtidas com um dos telescópios do OAL no Centro Ciência Viva do Lousal: um Ritchey-Chrétien de 10” de diâmetro com uma Canon EOS 60Da, num total de 261 s de pose.

visualizar e/ou assinar o Livro de Visitas do OAL

Consulte e assine o Livro de Visitas

  • Francisco
    Desde há anos que frequento o OAL, sobretudo as palestras. Bom ambiente, melhor organização, ...

 

Não são permitidos comentários.