livro de VisitasBem vindo ao Livro de Visitas do OAL

 

Esta versão electrónica segue uma tradição iniciada em 1865, de assinaturas e comentários deixados pelos visitantes do OAL, no Livro de Visitas. Entre muitas pessoas mais ou menos anónimas, surgem nomes bem conhecidos da ciência, política e cultura de então.

VisitBookOALweb

O livro histórico dos visitantes do ROAL.

Junte-se aos muitos visitantes do passado e do presente, deixando um comentário neste Livro de Visitas. Todas as entradas são sujeitas a aprovação prévia antes de publicação.

O OAL reserva-se o direito de não publicar comentários abusivos.

 
  1. Gostaria de deixar aqui uma pergunta à organização dos eventos “Noites no Observatório”. Quando, por alguma razão, não é possível ver as palestras online no tempo em que elas decorrem, há algum meio de as poder ver dias depois?
    Mehores cumprimentos
    Guilherme de Almeida

    • Caro Guilherme de Almeida,

      Obrigado pela sua questão.

      Muito em breve começarão a ser disponibilizadas online as gravações das palestras das Noites no Observatório.

      Com os melhores cumprimentos,
      João Retrê

  2. Olá. Sou residente do alto de sto amaro, e visito a tapada da ajuda há muitos anos, e como tal custa-me bastante ver o estado degradado do observatório nacional. Ainda me lembro de ver o edifício aberto a funcionar, com as antigas sessões de observação. Seria de facto um enorme contributo para a todos, a recuperação deste espaço caído no esquecimento.

  3. Boa Tarde

    Venho a este sítio de vez em quando, pois apesar de leiga no assunto, sempre me fascinou o céu, os astros…

    Queria pôr uma questão, sobre a qual há muito me interrogo.

    Porque é que continuam a publicar a “Entrada do Sol nos Signos do Zodíaco” se, na realidade, isso está errado?

    Assim, não é que as pessoas aprendem e se instruem, mas sim explicando-lhes que os cálculos dos astrólogos estão errados, devido à “Precessão dos Equinócios”, que eles, ignorantes na matéria, não têm em conta, e continuam a ler por livros obsoletos e desactualizados no tempo.

    Não sei qual é a vantagem de a Astronomia continuar a divulgar informação falsa, em vez de apenas divulgar a correcta entrada do Sol em cada constelação do Zodíaco.

    Cumprimentos
    Helena Pimentel

    • Boa tarde,
      Os signos existem em sentido astronómico. Tal como o Zodíaco é um conceito astronómico. A exploração astrológica que se faz disso é que é um embuste. É claro que na definição astronómica de signo, a precessão dos equinócios é tomada em conta, dado que o primeiro signo, o do Carneiro (Áries), é a faixa do Zodíaco compreendida entre as longitudes eclípticas 0ºe 30º. Portanto, o Sol entra no signo do Carneiro quando passa no ponto vernal.Prosseguindo, o signo do Touro vai de 30º a 60º de longitude eclíptica, o dos Gémeos vai de 60º a 90º, o do Caranguejo de 90º a 120º de longitude eclíptica, etc. A entrada do Sol nos signos do Zodíaco corresponde à passagem aparente do centro do disco solar pelas correspondentes longitudes eclípticas e isso é Astronomia. Querer tirar daí previsões [ou significados]sobre a vida e a felicidade (ou infelicidade ) das pessoas , aí é que já é astrologia.
      Cumprimentos
      Guilherme de Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*